CNS realiza limpeza e conservação do Museu do Amanhã com produtos de Selo Verde

Mão de obra qualificada e produtos de qualidade fazem parte do serviço realizado pela CNS no Museu

 

Desde novembro de 2016, a CNS é a empresa responsável pela limpeza e conservação predial do Museu do Amanhã (MDA), um ícone do polo turístico da área revitalizada da Praça Mauá, no Rio de Janeiro. Com a parceria, o MDA adota a chamada Limpeza Verde, realizada com produtos de Selo Verde. De origem vegetal e biodegradáveis, eles não agridem o meio ambiente e são aprovados por órgãos reguladores.

Sabendo da importância de assistir um local público tão importante para a cidade, a CNS utiliza equipamentos modernos e mão de obra altamente qualificada para cuidar dos ambientes internos e externos do espaço, o que abrange desde os sete espelhos d’água que cercam o Museu até as áreas de exposição.

Equipe da CNS no Museu do Amanhã

 

Equipes recebem treinamento diferenciado para atuarem no Museu do Amanhã

Profissionais recebem treinamento diferenciado para trabalhar no Museu do Amanhã

 

Como o Museu recebe uma grande quantidade de turistas brasileiros e estrangeiros, a excelência no atendimento tanto ao cliente quanto aos visitantes foi outra preocupação da CNS. Por isso, todos os colaboradores lotados no MDA recebem treinamentos comportamentais e técnicos periodicamente, com o emprego das mais modernas tecnologias de higienização e manutenção predial.

Para a CNS, cuidar de um ambiente público tão especial para a cidade do Rio trata-se de uma responsabilidade ética, social e de sustentabilidade, pilares essenciais para a nossa civilização.

Segundo a empresa, ser socialmente responsável não significa somente cuidar do meio ambiente nos trabalhos que realiza, mas também zelar pela qualidade de vida de toda a sociedade. Por isso, a CNS não mede esforços para desempenhar um papel fundamental na educação de seus colaboradores, treinando-os e difundindo as melhores práticas socioambientais do mercado.

A companhia segue todas as recomendações e procedimentos necessários à Certificação LEED – Certificação Ambiental concedida a edifícios com alta performance ambiental e energética, outorgada pelo GBCI (Green Building Council Institute). No Museu do Amanhã, um dos destaques ecológicos fica por conta do manejo do lixo, inteiramente executado de acordo com as diretrizes do Plano de Gestão de Resíduos de Limpeza Verde.

 

 

 

1 Comentário

  1. Rafaela Almeida disse:

    Muito legal!

    Parabéns para CNS por ajudar a manter o museu sempre lindo, e o melhor, de forma ecologicamente correta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *